Concórdia Set Fundo de Investimento em Ações

Veja outros Fundos de Investimento

 

Maiores ganhos no longo prazo e riscos controlados.

O fundo Concórdia Set FI Ações é uma excelente opção para investidores com perfil arrojado e que desejem diversificar sua carteira, em busca de oportunidades de maiores ganhos no longo prazo. As ações que compõem a carteira são criteriosamente analisadas e escolhidas pela gestora de acordo com as perspectivas do mercado. Por se tratar de um fundo de ações, é preciso  ter tranquilidade para investir, já que o investimento pode sofrer oscilação.

* O fundo não faz alavancagem da carteira.

Data de início: 03/02/2004
Investimento Inicial: R$5.000,00
Movimentação Mínima: R$1.000,00
Saldo Mínimo: R$5.000,00
Taxa de Administração Praticada: 1,8 % aa
Taxa de Administração Máxima: 2,3% aa
Taxa de Performance : 20% sobre a rentabilidade que exceder o IBOVESPA, tomando-se por base a rentabilidade acumulada no ano
Taxa de Ingresso/Saída: Não há

Cota de Aplicação: D+1
Cota de Resgate: D+1
Crédito em Conta Corrente: D+4
Liquidez: Diária
Carência: Não há
Horário de Movimentação: até as 14h00
Categoria: Ações

Imposto de Renda: 15% sobre o ganho nominal recolhido no momento do resgate.

IOF: não há.

  setembro 2010 acumulado 2010
Ações Taxa Efetiva (Ibovespa)
Concórdia Set FI Ações 4,34 (6,58) 2,96 (1,26)

A presente instituição aderiu ao Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para os Fundos de Investimento.
FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTAM COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR DO FUNDO, DO GESTOR DA CARTEIRA, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU AINDA DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITOS - FGC. A RENTABILIDADE OBTIDA NO PASSADO NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA. É RECOMENDADA A LEITURA CUIDADOSA DO FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES E REGULAMENTO DO FUNDO DE INVESTIMENTO PELO INVESTIDOR AO APLICAR SEUS RECURSOS. PARA AVALIAÇÃO DA PERFORMANCE DE FUNDO DE INVESTIMENTO É RECOMENDÁVEL UMA ANÁLISE DE NO MÍNIMO 12 (DOZE) MESES. ESTES FUNDOS PODEM ESTAR EXPOSTOS A SIGNIFICATIVA CONCENTRAÇÃO EM ATIVOS DE RENDA VARIÁVEL DE POUCOS EMISSORES, APRESENTANDO OS RISCOS DAÍ DECORRENTES.